Publicações

B3 e S&P lançam índice de ações com foco em ESG

B3 e S&P lançam índice de ações com foco em ESG

11/9/2020

 

A B3 e a S&P Dow Jones lançaram em 8 de setembro o S&P/B3 Brasil ESG, índice de desempenho voltado a empresas com boas práticas ambientais, sociais e de governança corporativa (ESG, na sigla em inglês). Trata-se de uma medida que segue a tendência preconizada pelas principais bolsas de valores estrangeiras com o lançamento de índices específicos desta natureza, além de evidenciar a relevância que os fatores ESG vêm ganhando no mercado nacional.

O S&P/B3 Brasil ESG tem como base empresas listadas na B3 que compõem o índice S&P Brazil BMI (Índice de Mercado Amplo), com exclusão daquelas não aderentes aos princípios do Pacto Global ou que sejam integrantes de setores específicos como o de armamentos, tabaco e carvão térmico. A título ilustrativo, o novo indexador possui a mesma natureza dos índices tradicionais, como o Ibovespa, S&P 500 e Nasdaq 100, com o diferencial de que será composto exclusivamente por empresas brasileiras que se adequarem aos critérios ESG definidos pela S&P e B3.

A B3 já mantinha índices para acompanhar o desempenho das companhias preocupadas com as melhores práticas de sustentabilidade – como, por exemplo, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), criado em 2005, e o Índice Carbono Eficiente (ICO2), criado em 2010, ambos atualmente em fase de revisão. Pela primeira vez, entretanto, a B3 passa a dispor de um índice para os fatores ESG conjuntamente considerados.

Além de servirem como referência para investidores comprometidos com os propósitos ESG, a tendência é que estes índices estimulem empresas de diversos portes, listadas ou não em bolsas de valores, a incorporar as questões ambientais, sociais e de governança em suas práticas. Nesse sentido, somam-se aos fundos de investimento com foco em ESG e às grandes empresas partidárias da causa.

Em vista de tais iniciativas e do que se acompanha no exterior e no Brasil no tocante à proeminência da temática ESG, empresas que não se adaptarem a esse novo paradigma poderão enfrentar dificuldades no desenvolvimento de seus negócios, em aspectos fundamentais como captação de recursos, fortalecimento de marca, fidelização de clientes e retenção de talentos.

A equipe de Governança Corporativa, Social, Ambiental e Digital de L.O. Baptista Advogados está à disposição para assessoria no desenvolvimento de políticas, implementação de estratégias e gerenciamento de riscos para atendimento aos padrões de excelência do processo ESG.

 

Coautoria de: Carolina Allodi M. de Andrade e Reynaldo Guimarães Vallú Neto 

Outras notícias
Tags