Home » Notícias »
Programa Conexões destaca importância do combate à desinformação on-line sobre a covid-19

Programa Conexões destaca importância do combate à desinformação on-line sobre a covid-19

UFMG
23/3/2021

Autor de estudo sobre o tema, o sócio de L.O. Baptista Advogados, Fabrício Polido, conversou com a UFMG Educativa

Em maio do ano passado, uma pesquisa da Avaaz, uma rede para mobilização social global por meio da internet, apontava que sete em cada dez usuários brasileiros, ou seja, cerca de 100 milhões de pessoas, acreditam em ao menos uma notícia falsa acerca do novo coronavírus. Segundo o mesmo estudo, 5 ou 6 em cada 10 usuários tinham contato com informações falsas que minimizavam a gravidade da covid-19. A pesquisa reúne dados de cerca de um ano atrás, quando a pandemia ainda estava nos seus primeiros meses.

A preocupação dos especialistas é que essas informações falsas contribuam para o descrédito quanto aos perigos da doença e a eficácia da vacina, dificultando, assim, a contenção da pandemia. Agora, um ano após o início das medidas de contenção do vírus no país, o Brasil vive o pior momento da pandemia, com recordes de mortes e com o colapso do sistema de saúde em todo o país. Em Belo Horizonte, tanto leitos da rede pública quanto da rede privada já ultrapassaram os 100% de ocupação.

Para atuar no combate às notícias falsas e ajudar a melhorar a situação da pandemia no Brasil, nas últimas semanas várias redes, como Youtube, Twitter, Facebook e Instagram, adotaram medidas mais rígidas de controle de conteúdo. As plataformas agem excluindo conteúdo falso e promovem a circulação de informações confiáveis. Mas elas não podem resolver a questão das fake news sozinhas. A cooperação entre empresas, governos, autoridades de saúde nacionais e internacionais e sociedade civil é crucial. No entanto, o governo federal, que deveria liderar as ações, tem sido alvo de críticas pela falta de ações efetivas para conter a doença no país e também por ações de disseminação de informações incorretas e discursos de descrédito às medidas de redução da circulação de pessoas e, até pouco tempo atrás, à eficácia das vacinas.

No programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, desta terça-feira, 23, a importância do combate à desinformação na pandemia foi tema de entrevista, com o advogado Fabrício Polido, sócio de L.O. Baptista Advogados e professor associado de direito internacional em novas tecnologias da Faculdade de Direito da UFMG. Atualmente, ele desenvolve estudo sobre a desinformação on-line, covid-19 e a responsabilidade dos agentes de poder e das plataformas.

*O conteúdo acima reflete os principais trechos da notícia divulgada no site da UFMG. O texto na íntegra, assim como o programa completo, estão disponíveis no site da publicação.

Outras notícias